Desindustrialização avança: Deca e Nestlé fecham fábricas no RS

Em um único dia, a Economia do Rio Grande do Sul foi impactada com notícias que prometem gerar impacto na redução do PIB, na queda da arrecadação e no aumento da fila do desemprego. Duas grandes empresas anunciaram o fechamento de fábricas no Estado.

Duratex determinou o fechamento da fábrica Deca, no Vale do Sinos, demitindo de uma só vez 480 funcionários. “O fechamento da unidade industrial de louças na cidade de São Leopoldo é importante para a consolidação industrial e para manter a competitividade no segmento”, afirmou a empresa em nota que afirma ter optado por concentrar a produção nas outras quatro unidades na Região Sudeste e Nordeste.

A 370 quilômetros dali, em Palmeira das Missões, 18 funcionários foram demitidos de uma das plantas da multinacional da Nestlé. A empresa decidiu fechar a operação e mover sua produção na unidade de Carazinho – mas em nota deu garantia que seguirá comprando leite dos 127 produtores da região.

As duas notícias se somam a tantas outras, como a do fechamento das fábrica da QuakerPirelli e Kimberly-Clark no Estado. São um sintoma da chamada desindustrialização, a queda de participação da indústria no PIB e na geração de emprego. O fenômeno é nacional – no início do mês, a Pesquisa Industrial Anual do IBGE apurou que o setor industrial fechou 1,1 milhão de postos de trabalho em quatro anos – mas é agravado aqui no Rio Grande do Sul pela perda da competitividade do Estado.


Você também precisa saber

Privatizações – Ao defender as privatizações de CRM, Sulgás e CEEE, o governador Eduardo Leite (PSDB) afirmou que quer usar a verba que entrar com a venda das estatais para quitar dívidas, e não usá-la no custeio da folha. “Não adianta forçar investimentos sendo caloteiro. Tem que quitar dívidas com quem oferece serviços ao Estado”, argumentou, em entrevista à Rádio Guaíba. Os projetos para a venda das três estatais vão à votação hoje na Assembleia Legislativa. E devem ser aprovados.

Porto Alegre – O prefeito Nelson Marchezan Jr. (PSDB) está prestes a perder um aliado que foi importante para a sua eleição em 2016: o PP. Após a relação com o partido – do qual faz parte o vice-prefeito, Gustavo Paim – deteriorar-se com a demissão de 15 CCs na semana passada, a legenda marcou reunião para o dia 9 para decidir se permanece ou deixa a base. Paim e os vereadores Mônica Leal e Ricardo Gomes estariam dispostos a concorrer à sucessão de Marchezan no ano que vem.

Sobre o eclipse – Como comentamos lá em cima, os gaúchos poderão acompanhar hoje um eclipse solar parcial, em que o sol ficará, em Porto Alegre, 58% encoberto pelo disco lunar, entre 16h30 e 18h. Quem quiser observar bem o fenômeno – se as condições climáticas permitirem – a UFRGS oferecerá telescópios e filtros, além de uma explicação técnica do fenômeno, na calçada da Usina do Gasômetro. Também será possível ver com equipamentos no Observatório Astronômico da PUCRS. No RS, quanto mais ao Sul, melhor será a condição para o avistamento.

Outros links:

  • E por falar em Marchezan: ontem a Câmara o livrou do terceiro pedido de impeachment de sua gestão.
  • Em Pelotas, a prefeita Paula Mascarenhas (PSDB) e o ex-prefeito e atual governador Eduardo Leite (PSDB) foram multados pela Justiça Eleitoral por abuso de poder político.
  • O MP acusa o vereador Sedinei Catafesta (PSD), de Farroupilha, de ter recebido 20 mil reais de propina.
  • tarifa da Corsan vai subir 8,53% em Canoas e outros 12 municípios.
  • O bloqueio na Avenida Praia de Belas para obras na rede de esgoto devem prosseguir até o fim do mês.

Esportes

Grêmio iniciou mal a preparação para o segundo semestre. O Tricolor levou 4 a 1 dos reservas do São José, em jogo-treino nesta segunda-feira. No Inter, a principal notícia que abriu a semana foi o retorno do zagueiro Rodrigo Moledoaos treinos. A Dupla volta a campo para valer em 10 de julho, pela Copa do Brasil.


Agenda

  • Sarau Elétrico de hoje é com Moisés Mendes, Claudia Tajes e uma canja luxuosa com Demétrio Xavier, no Ocidente.
  • No Capitólio começa o Festival de Roteiro Audiovisual de Porto Alegre, maior do gênero da América Latina. 
  • O clássico soviético Um Homem com uma Câmera vai ser apresentado e comentado na Sala Redenção da UFRGS.
  • A flautista Ana Carolina Bueno e a pianista Dionara Fuentes Schneider homenageiam Elis Regina com um instrumental na Biblioteca Pública.
  • O fotógrafo Rodrigo Marroni inaugura também hoje a mostra Outras Distâncias, na Casa Musgo.
  • Augusto Jobim ministra palestra sobre Foucault e o Neoliberalismo. Vai trazer os mesmos tópicos do icônico curso Nascimento da Biopolítica, feito pelo filósofo francês há 40 anos. Será no Fora da Asa.

Você viu?

O advogado Vicente Renner foi assaltado há algumas semanas. Os ladrões levaram seus documentos, seu cartão de banco e seu celular, mas deixaram com ele a cópia do livro Símbolos e Mitos do Antigo Egito, que havia recém adquirido em um sebo. Num artigo publicado no Baguete, ele descreve a via crúcis de todo mundo que já foi roubado: encontrar uma delegacia aberta, lidar com a falta de estrutura (e a paciência do escrivão) para registrar sua ocorrência, a burocracia para fazer uma nova CNH, a dificuldade para reativar o chip de telefone e a briga para receber uma nova senha do cartão do banco – comparando cada passo da burocracia brasileira com os mitos do Egito Antigo. Vale a leitura!