Nova Previdência, um dia depois

Um dia após aprovar o texto-base da Reforma de Previdência “de goleada”, os debates em torno dos destaques que alteram o texto original começaram a ser feitos no final da tarde de ontem em uma votação que invadiu a madrugada. O clima dessa vez foi menos exaltado – e um fotógrafo do jornal O Globo chegou a registrar o deputado gaúcho Danrlei (PSD) assistindo despreocupadamente um jogo de futebol ao lado do mineiro Aécio Neves (PSDB) durante a sessão.

Destaques votados – Aprovou-se, por 445 votos a 15, que homens possam se aposentar ao cumprir o tempo mínimo de contribuição de 15 anos – o texto original estava fixado em 20. Outro ponto foi o que garante melhores regras para as mulheres, que poderão garantir aposentadoria integral com 35 anos de contribuição. A Câmara também aprovou regras mais suaves para policiais: a bancada da bala conseguiu concessões para reduzir os critérios de quem já ingressou nas carreiras. Por fim, foi rejeitada uma proposta do PSOL, que tentava garantir o pagamento de abono salarial para uma parcela maior da população. Ficará como está no texto original: pagamento do somente para quem ganha até 1.364,43 reais.

Traições – A Folha levantou que 34 deputados votaram contra a orientação de suas bancadas. No PDT, 8 deputados votaram a favor de reforma. Em entrevista ao programa Timeline, da Rádio Gaúcha, o presidente do partido, Carlos Lupi, explicou que o processo disciplinar que pode expulsar estes deputados é longo e que todos terão tempo para apresentar a sua defesa. O dirigente observou que alguns deputados podem estariam provocando a saída. “Quando o deputado é expulso, o partido não pode requerer mandato, então tem muita gente provocando para ser expulso, para ter uma carta de alforria para dizer para aonde vai.” Lupi não quis citar nomes, mas ficou implícito que se referia ao gaúcho Marlon Santos que, anteontem, desafiou a sigla. “Quero ver me expulsar“, rebateu em depoimento para a GaúchaZH (acesso restrito).

Puxão de orelha – A votação da Reforma anteontem ficou marcada pelo discurso emocionado do presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Mas quem assistiu ao vivo na televisão ou na internet também deve lembrar do momento em que ele interrompeu o discurso elogioso para tecer críticas à “deputada Fernanda”. Falava de Fernanda Melchionna (PSOL-RS), que levou ao plenário uma cópia da Constituição com ratos de borracha colados na capa e acusou os deputados que aprovaram o texto de “ratazanas de terno e gravata”.


Você também precisa saber

Contas Públicas – Dentre as medidas adotadas para aderir ao Regime de Recuperação Fiscal, o governo do Estado irá reverbenefícios fiscais a empresas. O governador Eduardo Leite (PSDB) apresentou o projeto de lei com essa readequação aos deputados estaduais da base aliada, no Palácio Piratini, horas antes de o texto ser protocolado na Assembleia. Em 2018, empresas beneficiadas deixaram de pagar quase 9,7 bilhões de reais. Mais de 282 mil empresas receberam algum tipo de benefício fiscal no ano passado. A reunião de Leite com os parlamentares ocorreu na manhã seguinte ao encontro com Paulo Guedes, no qual o ministro da Economia deu aval ao governador para finalizar o plano de ajuste nas contas do Estado sem a privatização do Banrisul.

Pensões – O IPE Prev irá recadastrar filhas solteiras que são pensionistas até 7 de outubro. O objetivo é evitar fraudes – por inconsistência de informações, 118 benefícios deste tipo foram cortados nos últimos quatro anos, gerado uma economia superior a 15 milhões de reais. Hoje, há pouco mais de 10 mil pensionistas solteiras atualmente, o que corresponde a 22% da folha. O recadastramento será totalmente digital.

Aeromóvel – Com capacidade para até 300 pessoas, a maior das composições do Aeromóvel que liga a Estação Aeroporto da Trensurb ao Salgado Filho está parada há dois anos. Tal situação já fez com que a opção de mobilidade entre o trem e o terminal ficasse inoperante em quatro vezes desde 2018, quando houve a necessidade de consertos na composição menor. De acordo com a Trensurb, a demora no conserto ocorre em razão do atraso e dificuldade de comprar peças e insumos, entre outros fatores. Ainda assim, a empresa projeta recolocar o veículo para andar ainda neste ano.

Os jovens no campo – O Instituto Federal do Rio Grande do Sul investigou os motivos que fazem jovens filhos de produtores rurais permaneçam ou deixem o campo. Um dos pontos chaves que pesa na decisão apontados pelos pesquisadores é o ambiente familiar. “Se os jovens crescem ouvindo os pais reclamando da profissão, é provável que migrem para a cidade”, explica a professora Raquel Breitenbach. E apesar de atestar uma queda na diferença de gênero no campo, os homens são mais incentivados a ficar do que as mulheres.

Outros links:

  • O IBGE registrou queda nas vendas do comércio no RS, de 0,5% em maio.
  • Uma grande carreata gerou bloqueios no trânsito ontem pela manhã em Porto Alegre, em protesto contra a morte de um motorista de aplicativo.
  • O TRE-RS cassou o mandato do vereador Nelcir Tessaro (DEM) por infidelidade partidária e determinou que a suplente Cláudia Araújo (PSD) assuma o seu lugar na Câmara Municipal.
  • Em entrevista ao Esfera Pública, da Rádio Guaíba, o prefeito Nelson Marchezan Jr. afirmou que considera o PP um partido de oposição.
  • Pacto Alegre: Os moradores de Porto Alegre podem opinar sobre a nova identidade visualda Capital.

Esportes

O problema das lesões segue perturbando o técnico Renato Portaluppi, que ontem perdeu o atacante Felipe Vizeu. O jogador terá que se submeter a uma artroscopia e volta ao Grêmioapenas em dois meses. Por outro lado, o zagueiro David Braz foi enfim apresentado oficialmente e já tem condições legais de estrear pelo Tricolor. No Inter, o clima tenso após a partida para o Palmeiras, com o relato de ameaças de morte que os dirigentes teriam recebido, foi amenizado com um pedido de desculpas do clube paulista e a garantia de apuração do caso. As medidas prometidas foram suficientes para que o diretores do Inter desistissem de registrar queixa na polícia.


Agenda

  • Deborah Finocchiaro estrela a partir de hoje a peça Diário Secreto de uma Secretária Bilíngue, no Instituto Ling. Trata de uma secretária que, ao notar sua demissão próxima, busca poesia em sua rotina.
  • Hoje tem um tributo à inigualável Mercedes Sosa na CCMQ. No microfone, Tatiéli Bueno.
  • Começa também o Seminário Budista, que traz Heike e Gerhard Bucher para um ciclo de palestras sobre os ensinamentos de Buda.
  • Amanhã, o Dia Mundial do Rock terá clima de adeus. Como comentamos no começo do e-mail, a banda Cachorro Grande, ícone do rock nacional, faz dois shows no Opinião em sua turnê de despedida.
  • Sábado também tem a dupla Oswaldo Montenegro e Renato Teixeira, que fazem uma apresentação inédita no Araújo Vianna.
  • A Ospa será regida pelo maestro espanhol Rubén Gimeno. Dentre as peças, obras de Debussy, Guarnieri e Sibelius.
  • Domingo tem um convidativo Tributo à Nina Simone no último dia do Jazz Week, do London Pub. A programação completa do festival, que também rola hoje e amanhã, está aqui.
  • Para fechar, outro grande nome que vem à Porto Alegre neste domingo é Ana Carolina. Ela toca no Araújo Vianna.

Você viu?

Os clubes de assinaturas se popularizaram, especialmente nos últimos anos. Tem de livros, vinhos, cafés, queijos e decorações em geral, apenas para ficar em alguns exemplos. Bem, essa relação foi acrescida nesta quinta por calcinhas. Trata-se do Clube das Pitayas, iniciativa criada por Luiza Olmedo e seu irmão, Álvaro. Dependendo do plano, eles enviam até duas calcinhas por mês. Além da peça íntima, a caixa enviada é temática, sempre com a história de uma grande mulher brasileira, além de um “mimo colecionável”, criado pro ilustradoras locais. “É pensado para valorizar mulheres”, destacou a empreendedora.