Pesquisa exibe o espectro político dos influenciadores digitais

Os seguidores do senador Lasier Martins (PODE) nas redes sociais são mais conservadores que os seguidores da ex-senadora Ana Amelia Lemos (PP)? E quem tem os admiradores mais progressistas no espectro político: a ex-deputada Manuela Dávila (PCdoB) ou o deputado Paulo Pimenta (PT)? 

Pensando em entender qual o viés ideológico das pessoas que repercutem as declarações de políticos como esses no Twitter, o jornal Folha de S.Paulo criou uma ferramenta que analisou os seguidores de 1.000 perfis com alto grau de influência. A pesquisa selecionou uma amostra significativa de seguidores destes influenciadores e, por fim, organizou as informações em um gráfico interativo, distribuindo-os em um ponto do espectro entre esquerda, centro e direita. Batizada de GPS Ideológico, a plataforma analisou artistas, jornalistas, veículos de comunicação e partidosObservando o gráfico, é possível concluir que os seguidores de Lasier têm um perfil mais à direita que os seguidores de Ana Amelia – o que é curioso se lembrarmos que o senador se elegeu com uma bandeira trabalhista e Ana Amelia com o apoio ruralista. Na outra ponta, o petista Paulo Pimenta tem seguidores mais radicais que os de Manuela.

Na lista dos pesquisados estão jornalistas gaúchos ou que moram no RS com forte posicionamento político. À esquerda aparecem Leandro Demori, editor do Intercept Brasil, e Eliane Brum, colunista do El País. À direita, estão Alexandre Garcia, colunista do Correio do Povo, e Allan do Santos, apoiador de Bolsonaro e um dos responsáveis pelo site Terça Livre. Único grande site de mídia da região analisado, a GaúchaZH teve mais de 81 mil seguidores analisados – e eles apresentam um perfil mais centro-esquerda.

Nomes como Fernanda Melchionna (PSOL), Tarso Genro (PT), Eduardo Leite (PSDB), Onyx Lorenzoni (DEM) e Marcel van Hattem (NOVO), entre outros, também aparecem na lista. A ferramenta dá bons insights de quem são os grandes influenciadores políticos do país e também como se articulam as bolhas ideológicas no Twitter – segundo a análise, os grupos conservadores são bem mais fechados, já os da esquerda tendem a aceitar um pouco mais de diversidade em seu feed. Vale a pena gastar um tempo observando os dados e conhecendo um pouco melhor quem tem o poder de, pelas redes, influir no debate político nacional.


Você também precisa saber

Assistência Social – Porto Alegre perdeu ontem seu restaurante popular, que funcionava no bairro Floresta e vendia refeições ao público a R$ 1. O local fechou as portas devido ao fim do contrato entre a Prefeitura e a empresa Mix Refeições. À Rádio Guaíba, a secretária municipal de Desenvolvimento Social e Esporte, Comandante Nádia (MDB), considerou “extremamente positiva” a medida. Segundo ela, cinco novas unidades devem ser criadas em diferentes locais da cidade. Mas não imediatamente: a previsão é de que os novos contratos sejam firmados em 60 dias. Até lá, segundo ela, a Associação Sul-Rio-Grandense da Igreja Adventista do Sétimo Dia vai servir alimentação, exclusivamente, a moradores em situação de rua que estejam cadastrados em albergues da cidade.

Tesoura na educação – O corte de verbas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) já afeta pelo menos 212 bolsas de pós-graduação nas universidades federais do Rio Grande do Sul. A medida, que segundo a FURG afetará até mesmo alunos que estão em doutorado sanduíche no exterior, foi duramente criticada pelos reitores ouvidos pela GaúchaZH: “Recentemente, a Alemanha anunciou uma verba muito grande para universidades e pesquisa. Esse é o novo 7 a 1”, comparou o reitor da UFPEL, Pedro Hallal.

Indústria – As exportações da indústria no Rio Grande do Sul levaram um tombo em abril: uma queda de 9,3% em comparação com abril do ano passado. A Fiergs, que divulgou o levantamento, credita o mau resultado à crise na Argentina, terceiro principal destino da produção do Estado. Só quatro dos 23 setores pesquisados tiveram incremento nas vendas: celulose e papel (38,6%), químicos (5%), tabaco (4,8%) e bebidas (100%). As vendas para o Exterior totalizaram US$ 893 milhões.

Contas Públicas – O governo do Estado conquistou uma importante vitória junto ao Supremo Tribunal Federal (STF), que confirmou ganho de causa ao Estado no processo que trata da incidência de ICMS sobre itens da Cesta Básica, chamado de Tema 299. A questão estava na corte desde 2015 e, julgada agora, irá assegurar aos cofres públicos uma receita de pelo menos R$ 500 milhões – garantidos por fiança bancária –, conforme a Procuradoria-Geral do Estado.

Privatizações – A PEC que desobriga o governo do Estado da realização de um plebiscito para a venda de estatais foi promulgada ontem, mas o Palácio Piratini optou por criar um grupo de trabalho e ouvir partidos da base antes de apresentar os projetos de privatização de CEEE, CRM e Sulgás. Ainda que não precise detalhar como o processo se dará, a gestão de Eduardo Leite avalia os impactos políticos junto à Assembleia. Parlamentares de diferentes partidos da base receiam os reflexos de como ficará sua imagem perante os eleitores caso forneçam um “cheque em branco” ao Executivo.

Outros links:


Esportes

De volta à realidade do Campeonato Brasileiro, a dupla Gre-Nal tem desfalques para o fim de semana. No Grêmio, Diego Tardelli, Jean Pyerre e Bruno Cortez estão entregues ao departamento médico, enquanto, no lado do Inter, Patrick se lesionou e ficará de fora por 15 dias. Nesta rodada, o Grêmio encara o Corinthians em São Paulo e o Inter recebe o Cruzeiro, no Beira-Rio. Aqui, a tabela completa do Brasileirão.


Agenda

  • A segunda temporada da polêmica série O Mecanismo, assinada pelo cineasta José Padilha e inspirada na Lava Jato, estreia hoje na Netflix.
  • Terno Rei lança o disco Violeta, no Agulha, hoje à noite.
  • A peça Homem de Lugar Nenhum estreia no Instituto Ling. No palco estarão Zé Adão Barbosa, Renato Del Campão e mais atores conviados.
  • Um dos mais esperados espetáculos do Palco Giratório, Elza se apresenta hoje e amanhã no Theatro São Pedro.
  • As obras do cearense Aldemir Martins, ícone da arte contemporânea no Brasil, estarão à mostra sábado na Bublitz Galeria de Arte.
  • Também no sábado, a feira cultural Me Gusta ocupa as ruas da Cidade Baixa.
  • Tem show do Almir Sater no Teatro Sesi às 21h.
  • Família Lima e a Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro fazem apresentação especial no Araújo Vianna para o Dia das Mães, no domingo.
  • Aliás, quer levar a mãe para curtir um dominical com um som bem brasileiro? A feijoada com Samba Especial Anos 90 é uma boa pedida.

Você viu?

Moradores do Centro Histórico acordaram assustados de madrugada de quarta para quinta-feira: alguns sinos da Catedral Metropolitana badalaram às 3h30, mais de oito horas antes da primeira missa do dia. O padre Rogério Flôres foi ao programa Timeline, da Rádio Gaúcha, explicar o ocorrido, de forma bem-humorada: “O pessoal já colocou aqui nas redes sociais que o Corcunda de Notre-Dame apareceu por aqui”. De acordo com a Arquidiocese de Porto Alegre, o problema ocorreu após uma queda de luz no bairro – como a Catedral passa por uma readequação elétrica, alguns sinos dispararam acidentalmente quando a luz retornou.