UFPel constata avanço da Covid-19 no RS

O que você precisa saber hoje

UFPel calcula que 53 mil gaúchos já têm anticorpos para a Covid-19 – Até a noite de ontem, a Secretaria Estadual da Saúde (SES) registrava 636 mortes e 28.171 casos confirmados de Covid-19 no Estado. Já o número estimado pela pesquisa da UFPel é de 53 mil pessoas que já tiveram contato com o SARS-CoV-2. Os resultados da nova fase da pesquisa sobre a prevalência do vírus foram anunciados ontem. Segundo o estudo, há um infectado a cada 214 pessoas – na primeira etapa do projeto, a projeção era de um infectado a cada 2 mil pessoas. Ao comentar os dados, o governador Eduardo Leite (PSDB) destacou a diminuição da subnotificação no Estado. O novo levantamento revelou ainda que 45% das pessoas infectadas apresentaram tosse como sintoma, 35% dor de garganta, 25% dificuldade para respirar, 20% febre e 10% diarreia. Os pesquisadores seguem recomendando a ampliação da testagem e a busca ativa de casos. Um alerta do levantamento também é sobre a queda constante do distanciamento social.

Hospital da PUCRS vai testar vacina contra coronavírus – O Hospital São Lucas da PUCRS,  em Porto Alegre, vai ser um dos 12 centros de testes de uma vacina contra o coronavírus. Ainda nesta semana, serão definidos os critérios para recrutamento de voluntários. Profissionais da saúde deverão ser os primeiros a receber a imunização. Desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac Biotech, a CoronaVac é considerada uma das mais promissoras em todo o mundo. A pesquisa no Brasil é coordenada pelo Instituto Butantan, em São Paulo. O governador paulista, João Dória (PSDB), destacou a capacidade de produção de 100 milhões de unidades e o acordo com a Sinovac para garantir produção em escala industrial para que a vacina seja distribuída pelo SUS. Uma outra vacina, produzida pela Universidade de Oxford, também está prestes a ser testada em humanos.

Eleições adiadas – O Congresso aprovou ontem a PEC que adia as eleições para prefeito de outubro para novembro, em razão da pandemia. Agora o primeiro turno ocorre em 15 de novembro, e o segundo, no dia 29. O texto será promulgado às 10h, segundo o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). A aprovação, aliás, só se deu após ele negociar com parlamentares e romper a resistência de partidos do centrão em relação à mudança. No fim, os votos favoráveis superaram os 400 nos dois turnos. Dos 31 deputados do RS, apenas Jerônimo Goergen (PP) e Sanderson (PSL) votaram contra (🔒). Outra mudança em razão da Covid-19 deve ser a dispensa da biometria. As eleições deste ano definirão prefeitos e vereadores. No momento, Porto Alegre tem quase 20 pré-candidatos. O último a se apresentar foi o ex-prefeito José Fortunati, agora no PTB. 

Efeitos do ciclone e o medo de inundações – Pelo menos 2.331 pessoas tiveram que sair de casa em 23 cidades gaúchas ontem, em razão dos vendavais e alagamentos causados pelo ciclone bomba, cujos ventos chegaram a passar dos 100 km/h em alguns pontos. O levantamento foi feito pela Defesa Civil Estadual, que não reportou vítimas – considera que o homem morto na Serra pode não estar diretamente ligado ao fenômeno climático. Passado o ciclone, o órgão permanece em alerta para a onda de inundações em diferentes partes do Estado. Dentre as diversas avarias causadas pelo RS, o Hospital de Tramandaí teve parte de seu telhado arrancado, em plena madrugada. “Todos os quartos estavam ocupados, veio uma coluna de vento quando houve um estouro, segundo o pessoal que estava trabalhando. Os quartos ficaram alagados”, contou o diretor administrativo, Luis Genaro Ladereche Fígoli. O hospital, que é referência para o tratamento de Covid-19 na região, está com 95% de ocupação. Ainda pela manhã, as prefeituras de Tramandaí e Imbé uniram esforços para a reconstrução.

#BrequeDosApp – Dezenas de entregadores de aplicativo participaram da mobilização realizada nessa quarta-feira em Porto Alegre – o ato, chamado de #BrequeDosApps, ocorreu em diversas capitais do país. Por aqui, o grupo se concentrou na Praça da Alfândega e seguiu até o Moinhos de Vento. Além de uma remuneração maior e que considere a distância, pedem mais transparência das plataformas. Uma das participantes da manifestação, Luana Mesquita, 18 anos, também relatou machismo, acusando os aplicativos de priorizarem homens para efetuar as entregas. Ela ainda observa que a bag é desconfortável para o uso das mulheres. Um dos primeiros reflexos do ato pode ser a criação de uma frente parlamentar em defesa da categoria, proposta pela deputada federal gaúcha Fernanda Melchionna (PSOL), que passou a coletar assinaturas em prol do colegiado. “Esses trabalhadores têm jornadas de 10, 12 horas por dia, correm riscos e não têm apoio das empresas. Precisamos garantir o reconhecimento dessa categoria, o vínculo empregatício e proteção durante a pandemia”, justificou ela.


Outros links:

  • Para aplacar as dificuldades nos hospitais por falta de medicamentos básicos, o Ministério da Saúde promete enviar uma carga para o RS amanhã. O problema foi discutido em reunião entre prefeitos da Região Metropolitana e do Vale do Sinos.
  • Pirelli demitiu 140 funcionários de sua fábrica de pneus em Gravataí. A unidade será fechada no ano que vem. 
  • Um hipermercado Zaffari foi interditado pela Vigilância Sanitária de Caxias do Sul. A medida se deu por infrações em leis e decretos vigentes, que visam a proteção da saúde durante a pandemia.
  • Grupo busca apoio na Câmara da Capital para alterar o nome da Rua Barão do Cotegipe  (🔒). O Barão (1815-1889) foi líder da bancada escravagista e um dos seis senadores que votaram contra a Lei Áurea.
  • Empresas e pessoas físicas agora podem adotar viadutos, pontes e trincheiras de Porto Alegre. A ideia é suavizar o impacto visual dos equipamentos de concreto, por meio de paisagismo, grafites, pinturas e outras intervenções estéticas.
  • Como fez o Grêmio, o Inter cogita deixar Porto Alegre para intensificar a preparação do grupo visando a retomada das competições. A data prevista para a volta do Campeonato Brasileiro é 9 de agosto.
  • A Prefeitura de Porto Alegre está com inscrições abertas no concurso para agente de saúde. São 137 vagas


A Matinal News faz parte do Matinal Jornalismo, um veículo local focado em explicar as principais notícias de Porto Alegre e do RS. Hoje nosso trabalho é bancado pelos assinantes premium, que recebem uma versão mais completa deste e-mail, além de conteúdos exclusivos como a revista digital Parêntese e a newsletter do Roger Lerina. Se você gosta do nosso trabalho, considere assinar o Matinal, apoiar o jornalismo local e receber ainda mais conteúdo.


Cultura

A antropóloga Débora Diniz e a filósofa Márcia Tiburi são as convidadas, às 16h, do Clube da Leitura, série de lives concebida por Manuela d’Ávila. A conversa tem como tema Escritoras, professoras e violência política.

Às 16h, a escritora e tradutora Tatiana Nascimento bate um papo com a livreira Nanni Rios, em live da Livraria Baleia.

E mais…

Assine o Matinal e receba nossa seção de cultura completa.


Você viu?

Moradoras do bairro Lomba do Pinheiro, em Porto Alegre, as irmãs Stefani e Paula Guedes, de 27 e 31 anos, encontraram uma maneira de empoderar mulheres através da reciclagem. Elas criaram a SDV Reciclando, que trabalha com chefes de família que recolhem e vendem resíduos recicláveis. A separação para a venda é feita no pátio da casa das irmãs. Com a pandemia, a iniciativa está recebendo doações de alimentos, produtos de higiene e roupas. O grupo também organizou uma vaquinha virtual para consertar o carro que é utilizado para o transporte dos resíduos. As irmãs empreendedoras, que estudam na Escola de Jovens Adultos do Colégio Aplicação, da UFRGS, também incentivam as outras recicladoras a estudarem. Quem não conseguiu vaga no mesmo colégio estuda em escolas próximas.

Este texto faz parte da edição 14 da revista Parêntese, publicada em 29 de fevereiro de 2020.

A revista digital Parêntese é enviada todos os sábados aos assinantes premium do Matinal Jornalismo. 

Para receber a próxima edição, assine o Matinal. Assim você apoia o jornalismo de Porto Alegre e receba todos os nossos produtos.

Receba as newsletters do Matinal! De segunda a sexta, trazemos as principais notícias de Porto Alegre e RS. Na quinta, enviamos uma agenda cultural completa por Roger Lerina. No sábado sai a Parêntese, com reportagens, entrevistas e análises exclusivas.